Invenção da rádio

Há mais de cem anos, o físico alemão Heinrich Hertz mostrou existirem ondas do rádio, em 1887. Ele verificou que essas ondas viajavam com a mesma velocidade da luz: trezentos mil quilómetros por segundo. Em reconhecimento ao seu trabalho, o nome de Hertz, foi adoptado para significar a frequência das ondas de rádio.

Em 1895, Guglielmo Marconi.Assistindo, em Bolonha, na Itália, repetiu a experiência de Hertz, e veio-lhe a genial ideia de transmitir sinais através do éter (espaço). Dois anos mais tarde, ele descobriu o princípio do funcionamento da antena e resolveu o problema de guiar bem as ondas pelo espaço.

Conseguiu fazer chegar alguns impulsos eléctricos a mais de um quilómetro de distância. Observou, também, que elevando a altura da antena alcançava maior distância.

Não tendo apoio do governo italiano, foi para Inglaterra, em 1896, onde fundou a primeira companhia e rádio. A primeira irradiação musicada foi feita em 1920 e, em setembro de 1922, conseguiu pela primeira vez, na Inglaterra, alcançar a Austrália.

E as inovações continuavam a surgir... o rádio evoluia rapidamente ! Em 1897 Oliver Lodge inventou o circuito elétrico sintonizado, que possibilitava a mudança de sintonia selecionando a frequência desejada.

Nos Estados Unidos depois de muitas tentativas, Lee Forest instalou a primeira "estação-estúdio" de radiodifusão, em Nova Iorque, no ano de 1916. Deu-se então o primeiro programa de rádio. Tinha conferências, música de câmara e gravações. Surgiu também o primeiro registo de radiojornalismo, com a transmissão das apurações eleitorais para a presidência dos Estados Unidos.

radio

Bibliografia

http://br.geocities.com/rey_goveia/invencao

http://www.radioclaret.com.br/port/historia.htm